sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Um dia daqueles

Hoje acordei com uma terrível sensação de vazio. Horrível. Não me apetece ver nem falar com ninguém. Não estou com pachorra para qualquer tipo de assunto. Estou como o dia. Completamente triste e tempestivo. Só me apetecia aqueles colos da minha mãe de quando era pequeno. Receber aquelas sensações de conforto, carinho e segurança. Aquele sensação que temos alguém para os momentos que não correm bem. Alguém que nos ajuda, nos faz ver que se calhar nem tudo é mau. Alguém que nos faça ver uma outra perspectiva das coisas e que tudo se resolverá.

Preciso de um abraço que me transmita uma sensação de amor. Preciso de sentir que alguém gosta e se importa comigo. Alguém que saiba o que sou e que pura e simplesmente não se importe que eu seja assim. Já não digo que goste de mim. Não peço tanto.

Preciso de um carinho da minha filha. Daquele abraço quente e gostoso onde cada segundo vale por uma vida. Aquele riso maravilhoso que nos arrebata por inteiro. Aquele "adoro-te" sincero e verdadeiro.

Como odeio estes dias ...

Feeling: Triste, Sozinho, Carente, Zangado...You Name It....

P.S. - Nem escrever aqui me fez sentir melhor hoje. Amanhã será melhor. Só pode...

4 comentários:

Ariane Rodrigues disse...

Entendo e espero que passe logo. Tudo é provisório. Abraço, querido!

nina disse...

Um colinho não posso te dar, mas espero que fiques melhor, não te esqueças que tudo passa, tudo flui... um abraço virtual apertadinho ***

Su M. disse...

So posso deixar a big hug, muito estrelicado...
Bjs

moonlover disse...

Um abraço bem forte e um desafio a mudares de atitude, passa no meu blog ;^)
kissies,
moon